Esportes

Santa Cruz vence ABC e presenteia sua torcida na véspera do aniversário de 105 anos

Publicado

em


Com gol solitário do atacante Jô, que não marcava há mais de um ano, Corais assumem provisoriamente o 3º lugar do Grupo A da Copa do Nordeste


Em jogo encardido, com atuação abaixo da média no 1º tempo, corais se recuperaram e bateram o ABC

Dois tempos distintos e vitória garantida através de Jô, atacante que não fazia gol desde junho de 2017. O torcedor coral tem motivos de sobra para sorrir na véspera do aniversário de 105 anos do Tricolor. O Santa Cruz venceu o ABC por 1 a 0 na Arena de Pernambuco com atuação abaixo da média no primeiro tempo, em que a equipe bateu cabeça e se viu presa na marcação adversária. Contudo, a mudança de postura na segunda etapa, pressionando os potiguares desde o começo, resultou no gol solitário que garantiu os três pontos para os pernambucanos. Com a vitória – primeira na Copa do Nordeste – o Santa assume provisoriamente a terceira colocação do Grupo A do torneio.
O Santa Cruz volta a campo na próxima quarta-feira, diante do Petrolina, pelo Campeonato Pernambucano. A partida ocorrerá no estádio Paulo Coelho, no Sertão pernambucano, às 20h. No sábado seguinte, as atenções retornam para o Nordestão. A próxima rodada será o clássico contra o Náutico, no estádio dos Aflitos, às 18h30.

O jogo

Um primeiro tempo sonolento na Arena de Pernambuco. Ofensivamente, uma das piores atuações do Santa Cruz nesses primeiros 45 minutos de partida. Não conseguiu incomodar o goleiro Edson. Muitos erros de passe e pouca inspiração por parte dos jogadores de frente da Cobra Coral. O ABC encaixou uma boa marcação, por vezes com dois atletas marcando as principais peças do Santa na criação de jogadas, como o atacante Elias e o meia Allan Dias. Com o jogo travado, as principais oportunidades vieram através da bola parada.
Aos 28 minutos, após cobrança de falta ensaiada do ABC, Guilherme Xavier recebeu dentro da área e Ricardo Ernesto saiu estabanado para abafar o lance. O meia alvinegro tentou encobrir o goleiro, mas a defesa coral cortou para escanteio. Após a cobrança, Adalberto subiu mais alto e cabeceou, mandando a bola perto da trave. A única boa oportunidade criada pelo Tricolor veio através de Elias, que recebeu de Allan Dias e bateu rasteiro, ao lado direito de Edson. Primeiro tempo sonolento que rendeu vaias do torcedor.

Segundo tempo

A reação da torcida fez efeito. O Santa Cruz voltou com uma nova postura na segunda etapa. Passou a ser mais incisivo, errou menos passes, e criou duas boas chances no começo. Logo no primeiro minuto, gol anulado de Elias. Após cobrança de falta de Marcos Martins, Danny Morais desviou no meio da área e o prata da casa completou na segunda trave. O assistente anulou o tento em um lance bastante difícil. Aos três minutos, Neto Costa recebeu cruzamento na direita e completou. O goleiro Edson mergulhou bem e abafou o chute do atacante, mandando para escanteio.
O ABC conseguiu se recompor defensivamente para conter as investidas através de bola rasteira do Tricolor. Entretanto, foi por cima que veio o tento coral. Aos 15 minutos, Danny Morais fez belo lançamento para Jô que, posicionado como centroavante, recebeu nas costas do zagueiro, dominou e bateu de pé esquerdo, abrindo o placar na Arena. O gol foi polêmico, já que o atacante dominou com o braço direito. 
A partida ficou mais franca, com as duas equipes jogando de maneira mais aberta e incisiva nas investidas ao ataque. Aos 27, os Corais ainda arriscaram com Charles de fora da área, que obrigou Edson a fazer boa defesa.  Daí em diante, o Santa Cruz manteve o controle e se postou de maneira sólida, já que Ricardo Ernesto pouco teve trabalho, e consolidou o resultado. Primeira vitória na Copa do Nordeste e a segunda seguida do Santa na temporada, alegrando mais ainda a torcida coral para comemorar o aniversário do Tricolor neste dia 3 de fevereiro.

Ficha do jogo

Santa Cruz 1

Ricardo Ernesto; Marcos Martins, Vitão, Danny Morais e Raphael Soares; Charles, Diego Lorenzi e Allan Dias (Luiz Felipe); Elias, Neto Costa (Pipico) e Jô (Sillas Gomes). Técnico: Leston Júnior

ABC 0

Edson; Ivan, Maurício, Adalberto e Jonathan; Anderson Pedra, Joílson (Wanderson) e Guilherme Xavier; Eder (Pepe Álvarez), Neto (Kaká) e Rodrigo Rodrigues. Técnico: Ranielle Ribeiro.
Local: Arena de PernambucoÁrbitro: Ranilton Oliveira de Sousa (MA)Assistentes: Raphael Max Borges Pereira (MA) e Raelson Almeida (MA)Gols: Jô (15’ do 1T)Cartões Amarelos: Jô, Vitão (S) Joílson, Eder, Maurício, Guilherme Xavier (A)
Público: 5.586 pessoas 
Renda: R$ 47.535,00

Fonte: Superesportes

Compartilhe isso:
Continue Reading
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais acessadas

Copyright © 2019 - 2019 Salgueiro Online.