Mundo

Pesquisa vai infectar 90 voluntários com variante do Reino Unido

Publicado

em

Considerado o primeiro experimento com cobaias humanas do mundo, o estudo começa em um mês; inscrições estão abertas

O primeiro estudo que vai infectar voluntários com o coronavírus do mundo, que já havia sido anunciado pela Imperial College London, no Reino Unido, deve começar dentro de um mês com uma novidade: os voluntários serão infectados com a nova variante britânica. A informação foi publicada pelo jornal The Guardian nesta quarta-feira (17).

A previsão de data de início ocorre após a aprovação do órgão de ética em ensaios clínicos do Reino Unido, conforme divulgado pelo Departamento de Negócios, Energia e Estratégia Industrial (Beis). Trata-se da primeira pesquisa com cobaias humanas do mundo.

O estudo vai contar com 90 voluntários saudáveis, com idades entre 18 e 30 anos, que serão expostos à variante do vírus que começou a circular no Reino Unido em setembro de 2020 e hoje já é predominante na região. Os participantes estarão em um ambiente controlado e monitorado por médicos durante 24 horas por dia.

A proposta é explorar como o vírus é transmitido, qual a menor quantidade necessária para causar a infecção e como ocorre a resposta imunológica no organismo. Desta forma, a equipe de pesquisa espera contribuir para o desenvolvimento de vacinas e tratamentos para conter a covid-19.

“Nosso objetivo final é estabelecer quais vacinas e tratamentos funcionam melhor para vencer essa doença, mas precisamos de voluntários para nos apoiar neste trabalho”, disse Chris Chiu principal autor da pesquisa e professor da Imperial College London, em entrevista ao Guardian. As inscrições ainda estão abertas, segundo o jornal. Os interessados em participar podem se inscrever por meio do site do UK Covid Challenge.

Por: R7

Compartilhe isso:

Mais acessadas

Copyright © 2019 - 2021 Salgueiro Online.