Nossos Parceiros

Mundo

Venezuela: as últimas notícias da crise

Publicado

em

Ao menos quatro venezuelanos já morreram em repressão de Maduro próximo à fronteira com o Brasil

Crise na Venezuela AO VIVO
Militares brasileiros fizeram um cordão de isolamento para minimizar conflitos entre manifestantes e militares venezuelanos, em Pacaraima NELSON ALMEIDA AFP

A tensão nas fronteiras da Venezuela não cessa. Neste domingo, em Paracaima, única cidade brasileira que tem fronteira com o país, grupos de venezuelanos contrários ao regime de Nicolás Maduro atiraram pedras contra os membros da Guarda Nacional, que permanecem leais a Maduro e cortam a fronteira. Os soldados responderam com gás lacrimogêneo, que chegou a atingir o território brasileiro. Para minimizar os conflitos, os militares brasileiros criaram um cordão de isolamento entre os dois grupos. Os limites da Venezuela com seus vizinhos se tornaram no principal palco de disputa entre o presidente Maduro e Juan Guaidó, reconhecido como presidente interino na Venezuela pelos EUA, Brasil, Colômbia e dezenas de países pelo mundo. Desde sexta-feira, com o fechamento da divisa da Venezuela com Roraima, ordenado por Maduro, a situação é volátil. Já são quatro mortos confirmados na região e dezenas de feridos. Nesta segunda, reunião do Grupo de Lima em Bogotá, com a presença de Guaidó, tenta aumentar a pressão sobre Maduro. O Brasil vai ser representado pelo vice-presidente Hamilton Mourão e pelo chanceler Ernesto Araújo.

El País

Compartilhe isso:

Mais acessadas

Copyright © 2019 - 2019 Salgueiro Online.