Nossos Parceiros



Enquete – Preferência

Se a eleição para prefeito de Salgueiro fosse hoje em quem você votaria se os candidatos fossem esses?

  • Clebel Cordeiro (48%, 151 Votos)
  • Edilton Carvalho (36%, 113 Votos)
  • Marcelo Sá (16%, 49 Votos)

Total de Participantes:: 313

Enquete – Rejeição

Se a eleição para prefeito de Salgueiro fosse hoje em quem você NÃO VOTARIA se os candidatos fossem esses?

  • Marcelo Sá (43%, 122 Votos)
  • Clebel Cordeiro (32%, 90 Votos)
  • Edilton Carvalho (25%, 72 Votos)

Total de Participantes:: 284

Mundo

Bebê de 11 meses morre após cair de andador e bater com a cabeça no chão

Publicado

em

Imagem ilustrativa PinterestPUBLICIDADE

Um bebê de 11 meses morreu na terça-feira (12) por causa de uma parada cardiorrespiratória causada por uma queda que sofreu quando estava se movendo em um andador. A mãe da criança estava no banheiro quando a fatalidade ocorreu. disseram fontes oficiais.

O Hospital Infantil Nacional confirmou a morte da criança após sua queda na segunda-feira (11),  na cidade de Osa, província de Puntarenas, no sul do país, na Costa Rica.
O bebê sofreu um forte golpe na cabeça por causa da queda.  

Após o incidente, a menina foi levada para o hospital em Ciudad Cortés, e de lá foi transferida em estado delicado para o Hospital Infantil Nationwide, em San José, onde foi internada na Unidade de Terapia Intensiva, mas devido às gravidades dos ferimentos acabou morrendo.

De acordo com a imprensa local, a venda de andadores para crianças é proibida na Costa Rica desde 2016 devido aos riscos que esses dispositivos representam para a integridade física das crianças e para seu desenvolvimento motor. O diretor de Proteção ao Ambiente Humano do Ministério da Saúde, Eugenio Androvetto, pediu aos pais e ao público em geral que informem as lojas que vendem os aparelhos.  

Por causa da infeliz notícia da morte de uma menina que usava um andador, é importante para apelar às pessoas para não comprar ou usar tais dispositivos devidos os acidentes que as crianças podem sofrer“, disse Androvetto.  

Ele explicou que desde 2016 o Ministério da Saúde proibiu a comercialização destes dispositivos, devido aos riscos confirmados pelas estatísticas do Hospital Nacional da Criança, indicando que em seis anos participaram 461 acidentes menores com os caminhantes.

A criança deve aprender a engatinhar e andar por conta própria, chamamos a população e os pais para relatar as lojas que vendem os andadores e se eles já os têm em suas casas que não os usam“, disse Androvetto.

Por 1News

Compartilhe isso:
Continue Reading
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais acessadas

Copyright © 2019 - 2019 Salgueiro Online.